SOU SÉRIO

 Não pude estudar mas sou sério

Quero dizer, pessoa de vergonha

Não vivo no império

Mas tranquilo, uso a minha fronha.

 

Vivo como posso

De acordo com as minhas possibilidades

Ainda que me apareçam os ossos

Mas eu ajo com lealdade.

 

Sou pessoa respónsável

Tenho um bom caráter

Sou também muito amigável

Ao bom procuro ser igualável.

 

Sinceridade é boa coisa

Eleva o moral

Gera a confiança

De maneira informal.

 

Sou sério, sou leal

É o que procuro ser

Sou assim de maneira tal

E tranquilo consigo viver.

 

Agora já estudei e aprendi

Foi muito bom para mim

O que aprendi jamais esqueci

É bom ser informado assim.

 

 

Autor: Antonio Cícero da Silva(Águia)