FLOR EM BOTÃO

FLOR EM BOTÃO

Coisa que eu não diria se não te conhecesse:
Por tua beleza me perco a ti admirar!
Esperei tanto para que tu nascesses
Pra eu embalar teu sono com canções de ninar.
 
Quanto eu velei por teu sono,
Eras uma maviosa flor em botão
Até pedi ao destino o teu dono,
Para não teres na vida desilusão.
 
Agora que a bela flor desabrochou
E é o orgulho deste trôpego ancião.
Eu sou uma planta que murchou
E caminho arrastando os pés no chão,
 
Que alegria para um velho pai
Poder ter orgulho de seus descendentes.
Minha mocidade já longe vai
Mas o amor deste pai conte com ele sempre.
 
Dorme minha flor que papai te ama
E permita Deus que nada te aconteça.
Disse ELE que amar é uma chama
Para que nos ilumine e nos aqueça.

Assim eu diria se tivesse uma filha, e sei que meu filho entende e esperará que vez dele vai chegar.Dou aqui os meus parabéns às boas filhas.

Em bonita manhã de sol.