Te esperando

Te esperando

 
 
Serei teu como jamais fui,
serei seu guia nas noites sem luz,
caminharei ao infinito se preciso for,
suportarei as tempestades da vida,
não terei medo da dor.
 
Mesmo que a saudade me consuma,
mesmo que o sol não apareça,
prometo não desistir.
 
E se ainda assim não me quiseres,
te digo com tudo que tenho,
seja feliz com quer que seja,
sabendo que tentei
e que por ti meu coração lateja.
 
Então fico à tua espera,
contemplando as lembranças dos velhos tempos,
estarei aqui no banco da praça
à tua espera,
não demore por favor
nada é infinito
inclusive meu amor.
 

 

"Adilson Costa"
© Todos os direitos reservados