Cavalo Selvagem

Cavalo Selvagem

Cavalo selvagem,
me tira pra dançar nesta noite estrelar
essas noites expurgam as
segundas-feiras de mim
essas noites expurgam todo
desejo comprimido e contido
Cavalo selvagem
se lembra daquela vez
em que dançamos escondidos?
Se lembra do sentimento
que cultivamos escondidos?
Cavalo selvagem dança comigo,
mesmo meio desajeitado
ainda é pura fantasia
faz de qualquer dia um feriado
tornou-se meu segredo,
e meu segredo é ter um sol particular
Cavalo selvagem,
estrela mais fascinante
leitura da poesia mais doce
sons do rouxinol mais afinado
Cavalo selvagem,
me tira pra dançar nas noites chuvosas,
enxuga minhas lágrimas
me conta uma história,
me faz dormir e sonhar
com os anjos que não voam ... cavalgam!

 

 

 

 

Bom fdsemana! Obrigada por me ler!
Elisa Gasparini
© Todos os direitos reservados