Partida

Partida


Não entendo o que um dia entendi,
um amor sincero, único e real,
vira fumaça em meio à noite,
de mim tiraste o melhor,
a ti dei-me completamente,
foi-se como a noite ao surgir o dia,
assim como sem pedir surgiu,
sem pedir partiu,
ouvi somente a batida do portão,
bateu como se fosse em mim,
fechou-se como se me fechasse,
vá, pode ir, vá!

 

As estradas da vida são assim,
um dia desses,
uma noite dessas
quem sabe,
poderei acordar ouvindo seu choro,
ouvirei o desespero do erro surgir,
não serei leviano,
acordarei,
irei até a porta,
mas não abrirei,
quero ouvir seu choro de perto,
e quando as batidas se forem,
quando o silêncio surgir,
eu direi de pulmões cheios,
bem vindo ao mundo real.

.. um dia desses .... um dia qualquer ....
fico feliz por estar aqui ...
"Adilson Costa"
© Todos os direitos reservados