Meu amor...

Meu amor...

Meu amor...
 
O amor é insano...
Embriaga o coração
Mas não ressaca alma;
 
É como embriagar-se sem do álcool provar,
Mas é uma mistura de química, sem receita...
Que nos domina e nos transforma...
Ah esse amor...
Faz-nos alcançar o impossível,
Desvendando o sentimento...
Mas simples e singelo;
 
Ah esse amor...
É descobrir o que ah de mais valioso
Não há caminhos obscuros...
Nem desafios sem conquistas;
 
Simplesmente é livre...
Para o que a vida lhe prepara;
 
É o refugio do coração,
E o respirar da alma,
Assim é o meu amor por ti...
Sem nada esperar,
É a minha força...
Em minha fraqueza momentânea.
 
 
 
Leny Borges
10/03 2011
 

Leny Borges
© Todos os direitos reservados