Seu Retorno

Você veio
Sentou-se
Observou-me
Ouviu cantigas
Entendeu-me...
Assim somos
Presos pelos invólucros de nossos destinos
E ainda assim nossas almas se atraem
Muitas vezes voltará
Sentará... Observará...
E ouvirá novas deplorações
Novas promessas
Todas em meus sonhos...
Continue irradiante, sorrindo
E venha quando quiser
Para que nossas essências se encontrem
Para que eu veja teu rosto
Para que respire teu desejo
Para que ao chegar ao ápice dessa quimera
Não sofra tanto ao perceber tal verdade:
Viver longe de ti...
Perceber e vislumbrar essa devoção
E contentar-me com minha simplicidade
Com minhas limitações...
Que ditam a distancia entre nós
Outra vez você se vai
E assim fico
A esperar o seu retorno

 

--------------

Caros amigos, espero que gostem...
Peço que deixem seus comentários.
Felicidades,
Cleudson Cavalcante

Brasilia