Atenção

Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.

Gostaria de deixar seu comentário?

Bruno Dias

Bruno Dias

Olá!!

Se não coubesse não serias assim!

Desejo-te um dia brilhante como tu!

Beijos e sorrisos de Portugal.

Teresa Cordioli

Teresa Cordioli

Ursula, viajei por entre os canteiros de tulipas vermelhas pintadas por ti em versos...

(E também senti uma pitadinha de inveja do José descrevendo o por do Sol...abaixo)

Querida Úrsula nas muitas cores e tons que nos visitam e com os quais aprendemos, ainda que dono de algum escândalo a nos infringir os mais íntimos pudores eis que o rubro haverá existir para dar um tempero no cotidiano da vida. Encantadores versos!

Ciganita

Ciganita

Essa poesia é uma visão magnifica! Versos de tamanha ternura como voce

soraia

Cara poetisa eu posso entender este fato porque eu tenho o privilégio de poder ver o pôr do sol bem juntinho ao meu querido rio (Tietê) e a minha emoção é tanta que não cabe dentro de mim.

Parabéns pela bela visão poética contida em seu coração.

J.A.Botacini

Zezinho.

Abel Puro

Abel Puro

Ola, Ursula!

Seu campo de Tulipas e visao que todos queremos ter, lutamos pra ter e, muitas vezes, vamos sem ter.
E um pedaço do paraiso que so por ser imaginado ja vale a pena.
Gosto muito da sua delicadeza.
Parabens, Poetisa!

Abel

Maravilhosa poesia, que tb faz descer uma cortina escarlate aos olhos do leitor. Beijos

EDILOY A C FERRARO

EDILOY A C FERRARO

...a sutileza de tuas imagens traz-me cenários oníricos, deleites em apreciar-te em teus singelos versos...