* Memórias *

* Memórias *

Correm os olhos do tempo

sobre a lívida tez da manhã

rouxinol rufla asas ao vento

o dia respira em febre terçã

 

Fôlego de vida abraça a moça

no vão das lembranças engavetadas

exala o odor do passado na vidraça

desfaz  novelo de memórias alinhavadas

 

Úrsula Avner

 

* imagem do google

* poema com registro de autoria

 

Deixo a cada um que me visita um abraço carinhoso e meu sincero agradecimento.

http://ursulaavner.blogsp...

http://www.ursulaavner.co...

no meu cantinho

Úrsula Avner
© Todos os direitos reservados