Doutor Poema

Doutor Poema


O espírito tal qual uma bomba explode

E o poema qual médico alerta o socorre.

Vacilante a língua, ao poema recorre

E a metáfora, a rima e a cadência a acode.


São loucuras, são ais, confissões e lamentos.

Implosivo que implora, explodindo, explodir.

Auscultando-lhes faz o poema, surgir

O alívio preciso para tais sentimentos.

 

 

Poema feito para o curso com Eunice Arruda, na Casa das Rosas.

São Paulo, SP, 08/2009