* Uma mãe chamada poesia *

* Uma mãe chamada poesia *

 

Mãe  poesia

embala sonhos e desejos

em cantigas de ninar

transforma em versos os medos

acabrunhados nas entrelinhas do falar

 

Mãe  poesia

colhe querencias e pensamentos

Os reune num ramalhete de palavras

que serpenteiam em tantos movimentos

na folha ou na tela onde dançam emoções aladas

 

 

Mãe  poesia

se veste de riso ou pranto

fala o que o poeta não diz sozinho

sustenta, protege e acalenta em seu manto

o que o poeta  deita em seu ninho   

 

 

* poesia com registro de autoria

* imagem retirada do Google- desconheço a autoria

 

querido amigos (as) do site e visitantes, no próximo domingo quero homenagear as mães de todo o país e também a " mãe poesia " que nos ensina a versejar e nutre nossa alma. Meu carinho a todos que me visitam.
http://ursulaavner.blogspot.com
http://pensamentoseolhare...
http://www.ursulaavner.co...

Em meu cantinho