Primavera de Espera

Primavera de Espera

A flor  não desabrochou,

também, não é  ainda primavera.

E no meu peito sofrido

de uma longa espera

uma lágrima rolou,

porque o amor nessa quimera,

ainda não despontou!

 

Olho para o horizonte,

lindo, de céu azul e fico a pensar:

onde está aquele que será

meu amor, será que se escondeu

detrás do verde monte?

Ou quem sabe no caminho se perdeu!

 

Só sei que vivo a esperar

o dia em que serei feliz, como Deus me fez

ao lado de quem vai me amar

e todo o amor do mundo

a ele, vou com certeza dedicar

porque amor de verdade, só se vive uma vez!

 

 

Eliane Kilian
© Todos os direitos reservados