Descaso

Descaso


É gente exibida,

Se acha vivida.

Tem ar superior,

Não sabe o que é dor.


Altiva sua voz,

Mas eu fui veloz!

Secura mostrei

E então desliguei.


Doçura não dou!

Feiúra ela tem.

Frieza darei,

Nem caso farei!

 

 

 

 

 

 

 

São Paulo, SP - 17/02/2008