Amar

Amar

 
Eu não sou uma simples poesia.
Sou palavras que quando entram no coração,
Podem mudar nossos caminhos de direção.
 
Amar é pensar alto a ponto de ser ouvido pelo outro,
É não ter certeza de nada, é viver num trem desgovernado,
É viver as quatro estações do ano em um só dia,
É tentar e nunca desistir.
Amar é fechar os olhos para o mundo, e viver,
Num segundo, uma vida inteira.
Amar é sentir um flech... , um susto,
É sentir o coração saindo pela boca,
É brincar com fogo, e si queimar,
São faíscas de um “BIC” sem gás que teima
em acender.
Amar é querer, mesmo sem ser querido.
Amar é sorrir na dor, chorar por amor,
É enxugar as lagrimas de si mesmo,
Quando a saudade doer.

Obrigado pelo carinho da visita ao sair deixe um comentário ou uma simples critica.
Jose Aparecido Botacini
© Todos os direitos reservados