Saudade

Dor que meu peito invade, 
Agonia, ansiedade...
Tantas coisas se resumem
Em uma palavra: Saudade!

Saudade, dor por não ter
Não ver, não poder tocar.
Esse aperto no peito,
Que não tem como explicar.

Saudade, intensa agonia, 
Que inunda o coração.
É um querer ir embora, 
Que não justifica a razão.

Saudade, quanta vontade
Em fazer acontecer... 
Sentir, dentro do abraço, 
Aquilo que não pode ter.

Saudade, tormento da ausência, 
Que os sentimentos alcançam.
É morte, brincando de espera
É vida, buscando esperanças.
.

.

Jrunder (JRUnderavícius)
© Todos os direitos reservados