Que saudade!

Gostoso eram os dias que preguiçoso ficava, 

Sentado em um banco à beira-mar, 

Contemplando o pôr-do-sol.

Viver na serra é bom, mas sinto falta da maresia

15/09/2009 rio de janeiro

JOSLU
© Todos os direitos reservados