Amizade / Saudade

 

 

E, na vida, o que vale mesmo é amizade

E saúde...

E saudade...

 

Saudade dos que se foram 

Dos que estão longe

 

Não fosse o trem da partida

Não haveria saudade

 

Nao fosse o tempo passado 

Não haveria saudade

 

E se me perguntassem pelo amor

Eu diria: sem o amor não haveria saudade

 

E amizade é assim 

Recheada de lembranças... de felicidade

 

E quando o amigo se afasta

Já bate logo a saudade

 

E amizade só vale assim... plena 

Mesmo em tempo ruim, não se abala

 

É trem que vai e volta

É trem-bala

 

Ah, amizade...

Quanta saudade!

Silvestre Sobrinho
© Todos os direitos reservados