Amantes do Amor


 
Você é conhecedor, do sucesso do amor
Nessa passagem infinita, de crença do tempo
Crava na consciência o perfume lírico
Do entendimento moderno, livre de viver.
 
Nada impede, de ser o que somos...
Seres humanos felizes, ou não, na jornada
Da vida. Merecer é um esforço de equilíbrio
Ter mente com razão definida mediante situação.
 
E agora moço ou moça amantes do amor?
Como fica o senso feliz de compreensão?
Na poesia é alegria para todos, na vida
 
A paixão incerta de amar, de encarar
O mundo íntimo do seu ser, feliz felizardo
Conhecedor nato do outro Ser do amor livre...
 
 
Manaus, 8/4/2016
José Herculano da Nóbrega

 

José Herculano da Nóbrega
© Todos os direitos reservados