Abandonado

Fui abandonado....
O meu cálice chamado vida se tornou cacos...
até a solidão me abandonou pois estava cansada de ser minha companheira em eternas rodadas de Whisky....
Não há mais sonhos, nem esperança somente restou a lembrança da época de criança, quando mamãe me abraçava forte e papai sorria ao me ver...
Triste contentamento, triste momento que não passa nesta tarde fria, que pra muitos é quente...
Me aborreço com poucas palavras soltas por mentes vazias, vazias como minha alma, vazia como minha vida.
Wellington Ramos