Doces Curvas

No oceano de teu corpo

perco a inocência e torno-me

amante.

de tua espera... de tua boca...

de teus beijos.

 

Na maciez de teus seios

sonho momentos de desejos

que queimam meu sexo

que me fazem estremecer de gozo

e prazer.

 

No calor de tuas entranhas

encontro o abismo

que me separa do céu e do inferno

que me torna homem e animal

que me faz eterno.

 

Nas tuas curvas...

quero esquecer o pecado

a culpa, o certo... o errado...

 

Quero apenas me consumir de tesão

neste instante erótico...

neste corpo desejado.

Yanes Lima
© Todos os direitos reservados