Site de Poesias

Menu
Cid Rodrigues Rubelita

Cid Rodrigues Rubelita

Sou mineiro de Rubelita

e de mente, alma, ossada e coração;

no alinhavo de minha vida,

tenho a linda Curitiba, por opção.

E se não fosse a indagação

que faço do mundo, constantemente,

talvez tal Fernando Pessoa, então,

eu seria um ser, na plenitude, contente.

Embora me atordoem de insônia,

a humanidade e suas incógnitas,

ainda assim, tenho-me como admirador

da vida e de seu intervalo: a morte lógica;

e dos novelos sem fio: as crônicas

que homens e mulheres engendram no amor.

Ainda não descobri com clareza

por que escrevo poesias:

se é para suplantar do mundo as tristezas,

se é para libertar de mim as alegrias;

ou será labor interminável

no afã de entender tantas incongruências

que há neste universo indecifrável?

não seria meio inócuo de sanar minhas carências?

Poesias de Cid Rodrigues Rubelita

Título Data Com. Vis.
A medida do amor 19/11/2018 0 45
Elo sem paralelo 19/11/2018 0 20
Nunca ames por piedade 23/10/2018 0 36
Intenso 23/10/2018 0 25
Fátima, meu amor singelo 10/10/2018 0 32
Perto do céu 12/08/2018 0 86
Simbiose 12/08/2018 0 27
Coma 12/08/2018 0 29
O meu amor, meu amor Fátima 09/08/2018 0 70
Propósitos 22/07/2018 1 65
Equívocos 22/07/2018 0 41
Transitório 22/07/2018 0 37
Meu maravilhoso amor 23/05/2018 1 160
Vamos para Floripa 05/05/2018 0 75
Depende de nós: o mal ou o bem. 27/03/2018 0 111
Imitadores de Cristo 16/03/2018 0 102
Admirável Mulher! 14/03/2018 0 161
Datas festivas 15/12/2017 0 183
Dias de Glórias 14/12/2017 0 152
Amor orgânico 13/12/2017 0 151