Site de Poesias

Menu

Andrômeda Black

  • "Talvez eu deixe o vento bagunçar o meu cabelo, para que então eu possa vê-lo, dançando pelo ar."

Poesias de Andrômeda Black

Título Data Com. Vis.
Naufrágio 20/06/2009 0 975
Adorável Janela 03/06/2009 0 568
A Roedora de Ventanias 18/05/2009 1 532
Recompensa 17/05/2009 0 147
Inevitável 16/05/2009 0 1059
Sempre eles 07/05/2009 0 139
Morte anunciada 07/05/2009 0 134