Site de Poesias

Menu

Diogo Roberto Reis

“Sou uma Sombra! Venho de outras eras,
Do cosmopolitismo das moneras...
Pólipo de recônditas reentrâncias,
Larva de caos telúrico, procedo
Da escuridão do cósmico segredo,
Da substância de todas as substâncias!"

Augusto dos Anjos
Monólogo de uma sombra

  • "Talvez um dia eu seja um dos bons; enquanto isso, eu ando com eles."
  • Fale com o Poeta

Poesias de Diogo Roberto Reis

Título Data Com. Vis.
Co-Ruído (a 6 mãos) 24/06/2005 10 1564
Aroma de um momento 09/11/2004 4 909
Favor (a 4 mãos) 13/12/2004 5 589
Confuso poeta 28/10/2004 2 541
Monólogo de um guerreiro (pecador) 09/11/2004 3 680
Navegando nos ares 18/03/2004 11 565
Segurança amada 11/03/2004 4 575
Os meus eus heróis 11/03/2004 3 506
Astro do Mar 02/03/2004 0 506
Minha Viagem 28/02/2004 1 738
Único mundo 09/02/2004 5 672
Tua influência 11/01/2004 15 1241
Viagem em Seu Aroma 09/01/2004 6 1435
Cor? Ação? 06/01/2004 7 4060
Entre os meus eus 03/12/2003 1 643
Musa, Ouça 26/11/2003 2 528
Pra Quê Entender? 23/11/2003 6 645
Sono 08/11/2003 2 669
Fuga II 08/11/2003 2 639
Tarde de Chuva 21/10/2003 3 1220