Site de Poesias

Menu

Walberes Miranda

Sou aquele que viaja nos extremos da vida. entre o doce e o amargo,

que talvès , possa ser eu o própiuo extremo. mas quando me der conta de quem sou, terei ódio de tudo que não fui.

Poesias de Walberes Miranda

Título Data Com. Vis.
Realidade 17/01/2018 0 11
Eu 27/02/2014 0 13
Eu 27/02/2014 0 21
Injustiça 22/11/2012 0 23
Vida. 03/03/2012 0 33
Filhos 14/11/2011 0 75