Site de Poesias

Menu

dama da noite

[Ilustração não carregada]

 
Criatura bela
Caminha por vielas
A cantar como sereia
Atraindo homens e garotos
Que se matam por
Um minuto de
Sua atenção
mas ela é fria
e sua negação ...
a ser amada
é uma injeção letal
no corredor da morte
ela continua
e a cada noite
sai das cinzas
de seus cigarros
a encantar de
bar em bar
seus amantes
esta mulher sem alma
não tem pena
destes meros
mortais que penam
pela conquista
de uma mulher vazia
que apenas
desperta como
uma vampira
do desejo
que apenas suga
emoções ,sonhos
sem se
importar com
o que acontece
com sua vitima
quem será
o próximo
 se fosse você paenas

rezaria

Compartilhar
thiago morais alves
28/02/2014