Site de Poesias

Menu

Reticências de agosto

[Ilustração não carregada]

Visões que se desdobram

Num universo de possibilidades
Brumas sublimadas vão tomando formas
Espelhos de um passado de raízes
(des) embaçando -se em compreensão
Realidades submersas ,
amadurecidas pelos calendários
A emergir ...com o avançar dos anos
Construção oculta e lenta
Fusão dos dois mundos
Ciência e espiritualidade
Linhas que se encontram , agora
Presente e futuro nas telas e nos desenhos,
Aquarelas do caminhar ...
Desfechos (in) esperados ou não...
Teias tecidas com sentimentos e luz
No infinito mundo das reticências,
de um misterioso agosto

agosto/13

 

Compartilhar
Bruma Lilás - Taís
04/08/2013