Site de Poesias

Menu

MARIAS DIVERSAS

 
No mundo há tantas Marias
Que até nos faz duvidar
É o nome mais usado
Que podemos encontrar
Vejam só, vou começar:
 
Vem Maria Santíssima
Maria pecadoríssima
Também Maria Bonita
E a Maria feiíssima
É grande, o tamanho da lista
 
Tem Maria do café
Maria do tabuleiro
Maria do catolé
A Maria do leiteiro
E Maria do seu Zé
 
A Maria rendeira
A Maria do pandeiro
A Maria fuxiqueira
Maria do arrasta pé
E Maria costureira
 
Este nome de Maria
É-nos muito popular
Rico só tem Maria
Com bonito sobrenome
Para se identificar
 
As Marias dos ricos são:
Doutora Maria da Glória
Escritora Maria Estela
Cantora Maria Vitória
Poetisa Maria Portela
 
São nomes bem respeitados
De famílias renomadas
Com cargos muito importantes
Senadoras, Deputadas
Mulheres sábias e falantes
 
As outras coitadas então
São cozinheiras ou babás
Vendem café na estação
Às vezes são diaristas
Fazem limpeza no chão
 
Tem a Maria pedinte
Que mora embaixo da ponte
Alguém lhe dá um vintém
São Marias catadouras
Ou as Marias ninguém
 
Também me chamo Maria
Nem subi e nem desci
Sou Maria apenas
E como Maria, cresci
Não sou grande e nem pequena
 
Fiquei no meio teimando
Querendo crescer também
Pra ser grande pelejei
E muito me esforcei
Mas não ganhei nem herdei
 
Fui Maria professora
Lá no meio do sertão
De crianças a idosos
Eu pegava em sua mão
Pra votar na eleição
 
Fui Maria do boteco
Fui Maria casada
Maria divorciada
E Maria da pensão
Sou Maria aposentada
 
Sou Maria lutadora
Da casa até a cozinha
Sou poetisa também
Já tenho até um site
E poesias mais de cem
 
Já editei dez livros
Romance, história e poesia
Sem ninguém pra me ajudar
Corro a noite e o dia
Sem de nada me queixar
 
Não sei ficar parada
O meu prazer é lutar
Lavo passo, molho plantas
Colho flores pro altar
Mais sou Maria entre tantas!
 
 Só deixarei este nome
Quando o bom Deus me levar
Sou com orgulho Maria
Nada tenho a reclamar
“Sou Maria do meu LAR!”

Compartilhar
MARIA AGLAIDE NEVES
09/07/2013