Site de Poesias

Menu

O Caminho da Felicidade

Hoje sonhei com a Felicidade
Ela dizia coisas sem sentido
Disse que com pouca idade
Ja tinha rodado o mundo e vivido
 
Eu ri, não pude evitar
Se nem gente ela é, como vou acreditar?
 
Disse que a Tristeza já foi seu par
Que várias noites já passaram sem dormir
Ela a sorrir e a Tristeza a chorar.
Depois do rompimento foi pior
A Tristeza não quis partir
E a Felicidade não ficou na melhor.
 
Contou-me também historias de sua cidade
E disse que devo ser cauteloso
Pois nem sempre o caminho mais formoso
É o que leva à felicidade.

Compartilhar
Rafael Aquile
06/02/2013