Site de Poesias

Menu

O AGORA


É INEVITÁVEL
MESMOS PARADOS
DAMOS PASSOS:
QUANDO ALEGRES
NOSSAS PASSADAS
SÃO FIRMES
LARGAS;
QUANDO ACABRUNHADOS
NOSSO CAMINHAR
SE TORNA TRÔPEGOS
DESCONCERTADOS;
MAS NÃO TEM COMO PARAR
SOMOS ARRASTADOS
LEVADOS
O TEMPO NÃO PERDOA
RI DA NOSSA CARA,
CADA PISADA É COBRADA
E GOSTARÍAMOS DE JOGAR
TUDO PELOS ARES
MAS O PRESENTE
EXIGE PERNAS FIRMES
PASSADAS LIGEIRAS
E PULSO CERTO
E A FÊNIX
SE PERSONIFICA
EM BUSCA DE SAÍDAS
GLORIOSAS
SATISFATÓRIAS
RENASCEMOS DAS CINZAS
PROCURANDO A RAZÃO DO VIVER
A CADA DIA
NUM MUNDO TOSCO
E CRUEL.


 
 
 
 

 

Compartilhar
Onivid ed Ortsac Saiuqalam
19/01/2013