Site de Poesias

Menu

Um presente com muito amor!


S abe o presente sagrado de D’us?
Á timo pr’Ele, mas grande p’ra nós.
B ônus, de fato, para os filhos Seus!
A h! Do descanso real, eis a Foz.
D ia sagrado em todo o Universo.
O nde houver vida ressoa esse verso!

D ize, ó minh’alma, louvores perfeitos!
O h! Que alegria findaram-se pleitos!

S almodiando persigo o além
E m novos céus onde a paz será fato
N ada de mal, só tranqüilo regato
H ás de fruir, Nova Terra, também.
O h! Que esperança, pois nada de dor,
R iscos ou perdas... Somente o Amor!

Ronaldo Rhusso

Compartilhar

Versos em Gaita Galega ou Moinheira num Acróstico em gratidão ao descanso semanal que nos foi presenteado no Édem!

Baseado em Isaías 66:23, onde o profeta messiânico mostra que o Sábado continuará sendo o dia do Senhor no novo Céu e na nova Terra!

RONALDO RHUSSO
18/01/2013