Site de Poesias

Menu

FALHA TECTÔNICA

Queria chegar ao final de ano

sem culpa

por não acreditar

que é presente que vai

aproximar as pessoas.

Queria chegar ao final de ano

pensando que é possível

fazer o bem o ano todo.

Queria chegar ao final de ano

sem preocupar

com as contas do ano seguinte

e do corre-corre para sobreviver.

Queria chegar ao final de ano

tentando dormir cedo

sem esta neura de festas

e badalações com imposições

de um consumismo desenfreado

só para provar e sanar

todas as imperfeições do ser humano.

Compartilhar
Onivid ed Ortsac Saiuqalam
22/12/2012