Site de Poesias

Menu

INSATISFAÇÕES

Queria eu

Andar loucamente pelas estradas,

Desnudar meu corpo

Sentir na pele o vento.

Deixar as lágrimas verterem tranquilamente

E dizer ao rosto

Que poderia entristecer.

Rasgar todas as teias,

Matar  todas as aranhas

Enterrá-las bem fundo

No fosso,

Depois ir embora

Sem nada lembrar.

Queria acabar

Com este instante danado,

Mas nem isso eu posso.

Nem isso...

Compartilhar
Onivid ed Ortsac Saiuqalam
16/12/2012