Site de Poesias

Menu

TRANSEUNTES DAS ILUSÕES

Tudo seja lançado
Universos infinitos
O sentir enamorado
Os anseios e gritos

Reverberando o real
Em frenesis da fantasia
Arrimos em luzes no ideal
Preenchendo a monotonia


Sapos enamorados da lua
Em devaneios a musa nua
Emoções aos pedaços


Viajantes dos espaços
Vivendo a verdade crua
Transeuntes poetas de mesma rua...  

Compartilhar
EDILOY A C FERRARO
08/05/2012