Site de Poesias

Menu

POESIA E SILÊNCIO

Poesia e silêncio ...


Mergulhados em poesia e silêncio

Solidão grita o passar indelével do tempo

Severo silêncio monástico

Musgos no último desejo da consciência

Olhares gelados, disfarçados

Lutando contra sentimentos em chamas


Mergulhados em poesia e silêncio

Desejando cegamente voltar no tempo

Velas acesas nas salas do inconsciente

Imensos corredores escurecidos

E a velha sentença destruidora


Mergulhados em poesia e silêncio

Despertando as sombras esquecidas

Almas tangenciadas pela ebria ideia  ...

E  uma vontade insana de ...

retornar ao ponto de partida


"Pode haver seriedade mais honesta que a seriedade poética?"

Poesia e silêncio...

Sombras despertando no tempo ...

 

Compartilhar
Bruma Lilás - Taís
22/03/2012

  • 5 comentários
  • 1070 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados