Site de Poesias

Menu

Me Alcançar

Eu sempre ouvi dizer que Deus deixou o Céu pra me salvar,
Que Se fez homem, Se entregou e carregou nosso pecar;
Mas quando eu tinha que enfrentar a solidão
Não conseguia acreditar na salvação.
Sempre que o Pai me convidou pra renascer,
Era tão longe que eu não pude compreender
O alcance desse Amor:

Deixou as ruas de ouro e veio aqui sujar Seus pés.
Não mais a glória eterna: carpinteiro em Nazaré.
Deixou o côro de anjos pra escutar o meu chorar,
E o trono de Seu Pai abandonou pra me abraçar;
E mesmo quando eu fujo sem razão
Sua graça me persegue o coração.
Se o Céu abandonou só por me amar,
Não há limites para me encontrar:
O Amor vai me alcançar!

Em meio à dor e à aflição eu recusei o Seu amor.
Ainda assim, por onde eu fui, me acompanhou o Salvador;
E toda vez que eu me perdi na escuridão
Estava pronto pra escutar minha oração.
Não importava mais quão longe me afastei,
O meu Amigo foi comigo onde eu andei:
O Amor me alcançou!

Deixou as ruas de ouro...

Compartilhar

Deus me deu esse hino para ser cantado pela minha amiga Carla. ;-)

Só o abraço do Pai alcança todo lugar:
"Porque assim diz o Alto e o Excelso, que habita na eternidade e cujo nome é santo: Num alto e santo lugar habito, mas também com o contrito e humilde de espírito, para vivificar o espírito dos humildes, e para vivificar o coração dos contritos." Isaías 57:15 Envolvido pelas "garras da graça"...

Ederson Peka
22/10/2005