Site de Poesias

Menu

Adolescência

Não sou criança,
Não sou adulto,
Sou ser mutante?
Que absurdo!

Transformações intensas...
E radicais
Nesse processo o comportamento muda,
Tem seus efeitos colaterais.

O humor flutua em segundos,
Da alegria intensa ao desespero,
E do fuzuê à depressão,
Vamos vivendo a contradição.

E o desejo de descobrir a vida...
Vai nos levando em novas conquistas,
Nesse aprendizado, bem elaborado...
Pela liberdade, sou apaixonado!

Compartilhar

Quando se é adolescente, tudo é diferente. Nesse período tentamos construir a nossa identidade.
Para a participação no E-Book. No trabalho, 23/08/2005

Feiticeira
23/08/2005