Site de Poesias

Menu

Como é bom...

Ah! Como é bom imaginar...
Os teus olhos, o teu jeito,
Os teus beijos e os meus desejos,
O teu corpo a me abraçar.

Te exploro os sentidos...
Com carícias te investigo,
Minhas mãos os teus segredos,
Vão buscando desvendar.

Falo rouca em seu ouvido,
As palavras que ousar...
Vou sentindo a tua fome,
De desejo derramar.

Em segundos a vida grita,
Nos amamos e sem pensar...
Jorramos a seiva bendita,
Para o amor eternizar.

Compartilhar

Sonhando com o amor... No trabalho, pela manhã No trabalho pela manhã , 06/09/2005

Feiticeira
06/09/2005