Site de Poesias

Menu

Senhor eu te agradeço

“Portanto, não os temais: pois nada há encoberto, que não venha a ser revelado; nem oculto, que não venha a ser conhecido”.

Quando mais precisei,

foi a ti que pedi...

Quando me vi cega pela paixão,

e quase me perdi...

foi sua mão que me tirou

da escuridão.

Quando contemplo as estrelas, o mar, o vento, a chuva...

Ainda mais confio em ti.

Quando sinto o meu coração pulsar no peito

e um laço ser desfeito,

ainda assim confio em ti.

Pois para cada pedaço arrancado,

desse coração machucado,

Tu me deste um Anjo...

Um ser iluminado...

Compartilhar

Amizades sinceras são bençãos de Deus. Em casa, 01/08/2005

Feiticeira
01/08/2005