Site de Poesias

Menu

Lumiar

... e à noitinha, o céu,
as estrelas, e o teu
cruzeiro do sul
de sinais na fronte
e teu olhar sonhador,
verde, azul
(eu, eu beijo tuas estrelas
e abraço as tuas luzes
sem percebê-las
por sob o cobertor,
mulher minha nua e bela).

Compartilhar
Fernando Naxcimento
12/11/2011