Site de Poesias

Menu

Amar e ser amado

Num repente inopinado
vi-me insano e dominado
por um furor amotinado.
Data vênia sou forçado
num impulso descentrado
admitir-me enamorado.
 
De pudico a desvairado
sucumbido no pecado
tenho sido massacrado.
Mas bendigo sossegado
neste insano palavreado
estou feliz e emocionado
por amar e ser amado.

Compartilhar

O amor é lindo, em todas as suas nuances. Curitibanos - 2009

Angelo das Neves
14/10/2011