Site de Poesias

Menu

NOÊMEA DO MAR !

[Ilustração não carregada]

NOÊMEA DO MAR!!!

Noêmea do mar!
Quanto tempo faz que você se foi
Não sei bem ao certo
Me perdi nas contas
Entrei na Estrela...
Eu que nem imaginava isso para mim...
Você acertou!
Só a carruagem branca
Que ainda não chegou...
Te vejo no sol, amiga!
Te sinto no vento,irmã!
Você fazia um clarão
no escuro dos temporais...
Ríamos à noite na Lagoa dos Barros
Parava uma chuva com um assovio, sopro
Tantas palavras,tantos conselhos
Madrugadas em claro
Quantas dúvidas...
O futuro era tão incerto...
Já estou no futuro...
Tão certo,como você falou
Quantas idas e vindas...
Caminhadas na Barra...
Os botos à espreita
Os banhos de chuva no calçadão
E de uma hora para outra
Te levaram para outro mundo
Amiga inesquecível
Ora cigana das premonições,
Minha irmã de alma
Ora baiana a cantar e dançar
Nunca mais consegui ir lá...
com alegria e esperanças,como antes...
Dá uma dor no peito
Quando entro na cidade
e cruzo a primeira sinaleira
Aquela cidade ficou tão turva
Tão perto daqui
A beira do mar lá ...é triste
Na plataforma eu nunca mais pisei
A ponte que liga o rio com o mar
Eu passo só por necessidade
Não quero mais contato com as pessoas de lá
Tudo me lembra você,amiga,tudo
A igreja de São José - dos operários
Os pátios gramados, tão floridos, as rosas
A chegada da primavera me lembra você
Nossos cafés e conversas
Tua rua... escureceu
Eu fiquei aqui ...perto dos morros
Meu pranto é silencioso
Tenho saudades
Inesquecível amiga
Noêmea do mar!!!!!!

 

Compartilhar
Bruma Lilás - Taís
25/09/2011