Site de Poesias

Menu

como

    nem toda beleza e pura,nem toda palavra e doce. mais como aprederiamos,se tudo fosse,tão perfeito. 

     mais como errar sem machucar seriamos tão insensatos a ponto de fazer o outro chorar.

     como esprica o porque de tau sentimento vir acaba,como ver e não mais toca,como olha e não deseja,

      como conta ao coração que o que erra tão bom, ja não da pra continuar,muitas vezes a magoa a carega,

      a tristeza tende a não passa e a vida te diz, pra não olha pra traz e coontimuar.

Compartilhar
di menezes
20/09/2011

  • 0 comentários
  • 78 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados