Site de Poesias

Menu

A LUA

[Ilustração não carregada]

Lá no céu a lua tão bonita!
Aqui em baixo eu tão triste,
No meu peito um coração palpita
Afogado na saudade que nele existe.
 
Saudade é dor que dói
Bem lá no fundo do ser.
Tal qual o ciúme que corroi
E na vida nos leva a sofrer.
 
Lá no céu a lua brejeira
Talvez nem saiba que existo,
Olhando parece ela zombeteira
E se ela rir de mim eu não resisto.
 
O ciúme corroi o amor,
Dói de mais a dor dá saudade.
Amor não tem sexo nem cor
E saudade só da felicidade
 
Quando a lua no céu se esconde,
Quem sabe; por vergonha talvez!
É que ela não sabe por onde,
Passará você com sua altivez.
 
A saudade que sinto mulher
É de você com certeza.
Esteja você onde estiver,
Vai a lua invejar sua beleza.

Compartilhar

Dizem que a lua é protetora dos amantes e alcoviteira dos enamorados. O que vejo é a lua quando cheia, dar à noite
uma beleza que traz paz a alma e nos leva a viajar com ela. Sob a influência da lua, poetas e seresteiros declamam e cantam embevecidos pelo brilho prateado da lua. Olhando a lua cheia.

Ubirajara Fernandes
03/02/2011