Site de Poesias

Menu

Cães e Seus Mendigos.

Quando "Matilha" tornou se em "Família" e tantos andrajosos se puseram
nas ruas cercados por procissões caninas compartilhando
tristezas,afetos,e restos de pratos frios!?
Sociedades heterogêneas de indivíduos excluídos criam universos
paralelos onde a visão da indiferença não alcança.
Pets tornando se entes?
Que absurdo!
Absurdo de afeto nobre que por falta de almas dignas se confere a
seres sem alma!?
É amor entre iguais; entre os "cães" das cidades; quadrupedes e
bípedes; nobres excrementos sociais.
Incrementos que enfeiam paisagens  mas amor que comove e se doa em
verdade, amor que pouco espera e de migalhas se agradam...
Migalhas de pão...
Migalhas de afeto!!!
 
 
http://dersinhodersinho.blogspot.com/2011/01/caes-e-seus-mendigos.html

Compartilhar
Cardosinho
30/01/2011