Site de Poesias

Menu

Meu jeito de ser

[Ilustração não carregada]

 
Um jeito inusitado de ser.
Gosto do silêncio. Faz-me bem.
Os sentidos despertam. Viver.
O universo segue seu vaivém.
 
Hoje só, penso o amanhã contigo
E contigo imagino-o sozinha.
Os teus acalentos eu bendigo
E desfruto da mão que acarinha.
 
O pensamento disperso voa.
Detém-se em cada flor colorida,
Ouve cada pássaro que entoa
Uma melodia dolorida.
 
Acompanham-me os nossos momentos,
Brilha em mim a luz do teu olhar.
De ti são fortes os sentimentos
Que me fizeste experimentar.
 

 
Respeite os direitos autorais.
 
Imagem: Google

 

Compartilhar

08/01/2011