Site de Poesias

Menu

NOVAMENTE

      Novamente a tristeza

      Novamente a alegria

      vida inconstante 

      Com toda certeza

      Com esta mágia

      Amanha é outro dia

      Novamente é outro dia

      Novamente a mágia

      O vento que sopra

      O pássaro que pia

      Será mais tristeza 

      Ou mais alegria

       Novamente o sol deita

      A noite se espreita

      O sono acalenta

      A cama o conforto

      A vida renova

      E como num passe

      Outro dia renasce.

Compartilhar
sirlei nascimento
09/04/2010

  • 0 comentários
  • 120 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados