Site de Poesias

Menu

Comentários da Poesia "Com suor e com flores ..."

de Elisa Gasparini

Gostaria de deixar seu comentário?

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.


Boa tarde Elisa!
Linda sua poesia, acredito que na vida precisamos do equilíbrio, nem muito doce, nem muito salgado, e tudo o que conquistamos é com sacrifício, mas vale a pena!
Tuas palavras contém muitas verdades!
bjs Taís
Taís Mariano

27/01/2010

um poema para ler e reler a té flutuar.

É verdade cara poetisa nem só de rosas é feita a vida porem somos perfumados e coloridos pela ancia de viver e amar. Quando estamos sobre a proteção das flores nossa alma saboreia os seus perfumes.

Lindo poema, parabéns.

J.A.Botacini

Zezinho.

Elisa querida, saber que não podemos resolver tudo na vida é uma grande sabedoria! Aceitando esse fato a gente aceita o resto... e se aceita. Você sabe tirar proveito dos opostos, das diferenças, porque são eles, afinal, que dão o tempero à nossa personalidade, não é?Porque não deve haver coisa pior do que se entediar com a própria maneira de ser...!
Adorei a combinação de "suor e flores", ela me lembrou, inclusive, uma frase de Augusto Cury: “Todos querem o perfume das flores, mas poucos sujam as suas mãos para cultivá-las”.
Parabéns, querida!
Bjss!!
Roberta Marcon

26/01/2010

Cara Elisa, não acabe com o tédio não, ele tem algo de criativo, parece servir para chocar as sementes dos frutos da inspiração, o tédio tem algo de potencial. Perdoe-me o proselitismo em relação a tema, mas adorei esta mistura de sensações e imagens de cultura associada ao cotidiano. um pé na terra, outro na lua. Abraços Poéticos!

...busco no bolor das reminiscências inspirações, no limbo dos brejos busco minhas musas, mas, no íntimo, como saborosamente canta, tentamos sempre fugirmos do tédio...APLAUSOS !!!
EDILOY A C FERRARO

26/01/2010

P.S. (sofre) grande influência da natureza* não é bem o termo? e sim agraciada pela influência da natureza.
As fases da lua gira em torno da nossa consciência, e a beleza está sempre ao nosso dispor. Com suor, flores e lágrimas, arrumamos nossas casas. e construimos uma vida digna de ser vivida!

Viva a natureza!


Beijos
Xama

26/01/2010

Bom dia querida Poetisa! Eu diria que você é telúrica, e por sê-lo, sofre grande influência da natureza na escrita. Escreve, portanto, como quem retorna as origens.
Eloqûência, sensualidade, desejo, inspiração e uma poetisa com sentimentos afinadados resultaram em uma linda poesia!

Feliz dia para vc!

Beijos
Xama

26/01/2010

Voltar à poesia