Site de Poesias

Menu

Com suor e com flores ...

[Ilustração não carregada]

Não posso negar o que sou
nem apagar minhas cores,
mas estou sempre me revendo
e girando, às vezes lua nova
às vezes lua cheia
se sou movida a suor e flores
acre e doce como o tabuleiro cheiroso
da negra quituteira
e também amarga como o boldo,
admito que me levo a sério
- e o resto todo também -
aprendi, quis Deus assim,
que não posso resolver tudo na vida,
eu só me prometo uma coisa:
acabar com o tédio!

Compartilhar

Obrigada por me ler!
Só peço desculpas pelo fato de que ainda não mergulhei
de cabeça nas novas regras da língua.
Beijos e boa semana!

Elisa Gasparini
26/01/2010

  • 8 comentários
  • 531 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados