Site de Poesias

Menu

Ah!... Gostosa saudade!

Ah!... Como desejar-te perto,
Estando longe de mim?
Como saber-te longe,
E imaginar-te junto a mim?

Se teus lábios pudessem dizer-me
O que é a saudade...
Seus beijos me diriam que a saudade,
Nada mais é... Que o tempo e a distância.

Ah!... Menina saudade!
Doce companheira de sonhos.
Que se faz perceber.
Mesmo sem querer.

Compõe versos espelhados,
No amor que transcende a vida.
Fundindo as almas...
Que se encontram em sonhos reais.

Ah!... Gostosa saudade!
Que o palco da emoção invade.
Distribuindo sonhos...
Aplaudindo o dom de amar!

Janete Chagas

Compartilhar
Janete Chagas
22/01/2010