Site de Poesias

Menu

Comentários da Poesia "SEPARAÇÃO"

de Elisa Gasparini

Gostaria de deixar seu comentário?

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.


Cara Poetisa, um texto onde retrata com realismo as dores do cotidiano, não busca o lenitivo das ilusões, pelo contrário, recorre a experiência em que os 'velhos ditados' se fazem ricos, para refletir e expor de modo franco suas percepções. Um texto com uma abordagem madura, e ainda assim sem perder o lirismo poético. Abraços Poéticos!

Elisa poeta! Escreve com paixão, sensibilidade, beleza! Um poema para não se esquecer! :) Beijokas .
*Célia de Lima*

18/01/2010

´Querida Elisa... O poema fica p/ contar as dores ...mas que em nosso âmago esta página venha à tornar-se um aprendizado, suavizando um novo caminho!
Bjs querida poetisa!
Iza Marlene A. S.

17/01/2010

...cara poetisa, trabalhas bem este martírio das dúvidas, dos conflitos incandescentes que borbulham na superfície, onde o Ser não mais se ilude, atenTa, espreita e narra, belíssimo, suas dores...MEUS APLAUSOS !!!
EDILOY A C FERRARO

17/01/2010

Nasso vai e vem no sentimento. Lindo poema! Parabéns!
Luciano Spagnol

16/01/2010

Viver a vida é quase morrer a cada dia...
Ta todo mundo buscando fantasia...rs
Porque?Sei lá...ela é tudo que a vida queria...rs
Ah! Amiga, só depende de nós mesmos a "alegria".


À cada novo percurso, semeamos flores em nossa estrada deserta;
A natureza não deixa faltar nada que nos impeça de alcançar a nossa meta;
O que julgamos ser castigo e pecado ,nos ensina a caminhar com cautela;
O medo nos desperta, o significado da dor tortura, sacode, pune, liberta!
A tentação nos aperta, o dinheiro, a ambição ,o desespero, as guerras!
O passado sempre nos dará a chance de uma nova descoberta;
Batalhas sangrentas coroaram nossa passagem pela terra;
A paisagem do paraíso ficou tatuado nas pedras...
"Dançando com as flores",
e soprando as cicatrizes abertas...
O que passou, passou... só o hoje intereça...?
A felicidade tem a duração da rosa e do seu perfume que a vida nos empresta...
As cores é você que poe nela...?

Beijos querida amiga!
Xama

16/01/2010

Bom dia Poetisa!

Viver a vida é quase morrer a cada dia...
Sei lá...ela é tudo que a vida queria...rs
Ta todo mundo buscando fantasia...rs
Ah! Amiga, só depende de nós mesmos a "alegria".

E sendo assim... sorria...

Um lindo final de semana

Beijos
Xama

16/01/2010

Voltar à poesia